Seguidores

sábado, 5 de novembro de 2011

A aniversariante de hoje Vivien Leigh






Curiosidades sobre a diva:

Aos 7 anos, com uma determinação que conservaria a vida inteira, Viv decidiu ser atriz; na escola, como só haviam meninas, elas tinham que fazer os papéis masculinos, que Viv sempre achou mais desafiadores. Depois de um ano e meio na escola, a mãe dela voltou da Índia e a levou para assitir à uma peça em Londres e nos seis meses seguintes, Viv, que já se mostrava uma apaixonada por teatro, assistiu o espetáculo 16 vezes.

Quando Viv era criança, ainda na Índia, sua mãe a levou para visitar um templo sagrado e uma mulher, quando a viu, disse que ela teria uma vida curta, porém plena e magnífica. E foi justamente isso o que aconteceu.

Era uma fumante inveterada. Durante as filmagens de ...E o Vento Levou, fumava em torno de 4 maços de cigarro por dia.

Ela trabalhou nos sets de filmagem (em E o vento levou) por 125 dias e recebeu por isso a quantia de 25.000 dólares; já Clark Gable trabalhou por 71 dias e ganhou 120.000 dólares.

Durante as filmagens de E o vento levou, ninguém na produção acreditava que Vivien Leigh fosse resistir ao charme de Clark Gable, intérprete de Rhett Butler. Mas, na verdade, eles não se entendiam, pois ela considerava pouco profissional que ele deixasse o estúdio sempre às seis da tarde, todos os dias. Ele, achava um abuso oferecer um papel essencialmente estadunidense a uma atriz inglesa. Leigh se entendia bem com o delicado e compreensivo diretor George Cukor. Gable preferia Victor Fleming. Leigh odiava o hálito de Gable - ele comia cebolas de propósito, poucas horas antes de gravar - e o cheiro de licor, que a deixava com náuseas. Ele revelou que, quando a beijava, pensava em bife. Na verdade, na pele de Rhett Butler ou Scarlett O'Hara ou na de Clark Gable e Vivien Leigh, eles jamais se entenderam.

Por ter trabalhado duro durante E o vento levou e conseguido o papel que tanto queria e tanto lhe aclamaria, há relatos que dizem que ela derramou muitas lágrimas e teve muitas crises durante as últimas semanas de gravação do filme.

Foi a primeira não-americana a ser agraciada com o Oscar de melhor atriz.

Era apaixonada por gatos siameses.

Afirmava que sua personagem favorita era a de Myra Lester, que interpretou em A Ponte de Waterloo (1940).

Disse, numa ocasião, que usava um de seus Oscar's como amparo da porta do banheiro.

Viv era portadora de uma doença que interferia negativamente na sua vida pessoal e profissional. Essa doença, denominada na época de transtorno maníaco-depressivo, hoje leva o nome de transtorno bipolar, cujo sintoma é a constante mudança do estado de humor, que varia entre um grande estado de excitação e uma prostrante depressão. Esta doença impediu-a de terminar as filmagens do filme No caminho dos elefantes, o que fez com que fosse substituída por Elizabeth Taylor. Consta que, por ocasião das filmagens, Viv teve um caso romântico com o ator principal do filme, o britânico Peter Finch.

Numa ocasião, quando estava a bordo de um avião em companhia do amigo David Niven, teve uma grave crise nervosa provocada pela doença e tentou jogar-se porta a fora, sendo impedida por ele.

Possui uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, localizada em 6773 Hollywood Boulevard.

3 comentários:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Viva Vivien! Viva todas as suas inesquecíveis heroínas!

O Falcão Maltês

Daniele Moura disse...

Muito legal! Tem informações que saíram de livros sérios que tenho aqui em casa.
Um abraço
Dani

Marcos disse...

Olá M.,

Sou leitor do Heri, hodie, cras, cotidie… e sou cinéfilo de carteirinha. Eu estou mandando esse email porque estou trabalhando numa empresa que desenvolveu um portal sobre cinema - o Cinema Total (www.cinematotal.com). Um dos atrativos do site é que você cria uma página dentro do site, podendo escrever textos de blog e críticas de filmes. Então, gostaria de sugerir que você também passasse a publicar seus textos no Cinema Total - assim você também atinge o público que acessa o Cinema Total e não conhece o Heri, hodie, cras, cotidie….

Se você gostar do site, também peço que coloque um link para ele no Heri, hodie, cras, cotidie….

Se você quiser, me mande um email quando criar sua conta que eu verifico se está tudo ok.

Um abraço,

Marcos
www.cinematotal.com
marcos@cinematotal.com