Seguidores

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Tony Curtis... eu também não poderia deixar de comentar









Nascido Bernard Schwartz no dia 3 de junho de 1925, Tony Curtis, o mais popular dos atores do anos 50 e 60 saiu de cena hoje. Toda vez que se fala em Tony Curtis, lembramos Marilyn Monroe (pelo menos eu associo à ela). Foi um homem de uma infância difícil também, nunca ganhou um Oscar, mas fez sua estrela em Hollywood. Como muitos do atores do seu tempo foi casado várias vezes (seis no total), teve alguns namoricos com estrelas do cinema, entre elas a grande diva Marilyn Monroe, a qual disse ter engravidado. Um dos mais conhecidos e picantes fatos dos bastidores do cinema envolvendo Tony Curtis se deu em 1959 durante as filmagens de Quanto Mais Quente Melhor. O estilista do filme, ao comentar com Marilyn Monroe durante provas de roupas (Tony e Jack Lemmon atuam quase o tempo todo travestidos de mulher) que Tony tinha nádegas mais bonitas que ela, fez Marilyn retrucar na hora, abrindo a blusa, "é, mas ele não tem isso!", mostrando os seios. Ousadinha essa Marilyn...

6 comentários:

Roderick Verden disse...

Tony Curtis era um dos poucos galãs q eu gostava. Aliás, apesar da boa aparência, penso q ele estava mais para comediante q propriamente galã. Não sei se vc lembra, M.., eu gostava muito da série "Persuaders", protagonizada por Curtis e Roger Moore. Gostava por três motivos: admiração pelos dois atores; os dois personagens eram brincalhões-não levavam nada a sério- e haviam muitas, mas muitas atrizes bonitas.
Uma vez li, q Moore não gostou nem um pouco de trabalhar com Curtis, q passou maus bocados com ele.

E Tony Curtis estava casado com uma mulher 42 anos mais jovem do q ele...

Quanto a Marilyn Monroe, foi bem deselegante o q ela fez. Uma lady jamais faria isso.

M.., hoje, postei algo no beldadedaminhavida.blogspot.com , q creio q vc gostará.
Dê uma passada lá, please.
Beijos

Carla Marinho disse...

Adeus Tony Curtis. Nao admiro muito o homem, mas ele era lindo quando jovem. beijo, meg.

Dan disse...

Oi M,

Grande ator, mais um que se vai.

Abraços

Dan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wagner disse...

Muito o legal dos atores desta época era que eles se preocupavam em atuar! Abraços!
p.s: O titulo do blog me lembrou das aulas de língua latina I

M. disse...

Poisé Roderick, o Curtis estava mais para comediante que para galã.

*********

Carla, eu também não sou fã dele, bem que ele era bonitão quando jovem.

*********

Poisé Dan!

*********

Wagner, foi justamente na inspiração das aulas de língua latina que me ocorreu o nome do blog. Na verdade não é sobre nada específico que eu escrevo. Gostaria de um pouco de tudo, mas nem tudo está aqui. Obrigada por visitá-lo. Volte sempre!