Seguidores

terça-feira, 3 de junho de 2008

Tenebroso. Também existem amores assim. Principalmente os que já foram sepultados.


Para sempre enterrado
In saecula saeculorum


Meu passado, você, o romantismo, aquelas minhas idéias, sonhos de nós dois. Nem sombra do que foi, para sempre enterrado na casinha. Dois vasinhos simbolizando quem éramos. Somos agora mortos. Aqueles que se amavam tanto já não existem mais, se dissiparam no espelho mágico do tempo.


3 comentários:

Ricardo Steil disse...

Heri, muchas gracias pela visita. Eu também ando meio sumido, a vida tá uma correria danada. Agradeço por não teres esquecido de mim. Boa semana. O blog continua lindo

Rodrigo Fernandes disse...

Heri... tá bem ispirador esses seus posts.. apesr de ficar aqui chupando dedo, por naõ ter com que compártilhas tudo isso no proximo dia 12..hehe, quem sabe até lá arranjo alguem, rs..
mas esse aí foi meio macabro demais, hehehe...
beijos

Heri, hodie, cras, cotidie... disse...

Rodrigo. Não leve tão a sério, apesar de macabras (detesto o termo)são palavras ao vento, testes de quem escreve mal.